(3x01) Capítulo 8 - O Resgate

    Compartilhe
    avatar
    Hugo
    Aposentado

    Masculino Número de Mensagens : 377
    Idade : 23
    Localização : Guraujá - SP
    Pontos : 472
    Data de inscrição : 30/01/2009

    (3x01) Capítulo 8 - O Resgate

    Mensagem por Hugo em Sex 08 Jan 2010, 10:55

    Tomb Raider: A Herança dos Sacerdotes
    Escrito por Richard Bentham

    Parte 3 – As Memórias De Jason Smith


    Capítulo 8 - O Resgate

    EDFU, EGITO - 6 ANOS ANTES

    - OK, então esse é o plano: já consegui me infiltrar na equipe de resgate. Chegando lá embaixo, procuro o tal artefato e levo à você. É só isso? perguntou Rutland, ao celular.
    - Exato - disse a voz no outro lado da linha - E só saia de lá com o artefato. Esse é o primeiro e mais importante passo do plano, e esse plano vai ser muito, muito longo. Não falhe.
    - Não falharei - disse James Rutland, e desligou o celular.
    O calor do Egito era insuportável, e até mesmo ficar dentro do abafado quarto de hotel era melhor do que ficar lá fora, onde o vento do parecia cozinhar a pele. Já fazia quase uma semana desde que Lara Croft fora soterrada pelo Templo de Hórus, e a notícia repercurtira rapidamente. A equipe de busca, até então, só encontrara sua mochila. O suposto lugar onde Lara, ou ao menos seu corpo estaria, estava terminando de ser escavado naquele dia, e no fim da tarde a equipe de resgate entraria lá. Rutland, que estava infiltrado na equipe, entraria no Templo e pegaria o que queria. E claro, aproveitaria para dar uma olhada na polêmica Lara Croft (ou no que restara dela), pessoa com quem Rutland já não tinha boas histórias.
    O sol começou a se pôr: hora de ir. Rutland trocou-se, pegou seu passe falso com o nome de Jason Smith, para ter acesso ao lugar que estava sendo escavado, desceu do hotel, ligou seu jipe e seguiu para o templo de Hórus. Identificou-se e entrou no local. Logo encontrou o grupo de resgate que iria entrar no templo.
    - Ei, Jason! Gritou um dos homens ao avistá-lo ao longe.
    - Ei Bruce – cumprimentou Rutland, e saudou os outros membros do grupo – Onde Está Von Croy? Rutland percebeu que Bruce estava muito queimado do sol; provavelmente passara a tarde toda escavando.
    - Ele não pôde vir – respondeu Bruce – Algum problema na VCI. Engraçado né... financiou essa busca, estava aqui todos os dias, se animou tanto quando encontraram a mochila... e logo agora quando parece que vamos finalmente encontrar Lady Croft em pessoa ele não está!
    - Talvez ele não queira encontrar Lady Croft em pessoa – supôs Pam, outra integrante da equipe de resgate – Não no estado em que podemos encontrá-la. Fora que ouvi dizer que eles tiveram uma briga...
    - Então por que ele financiaria essa busca? Perguntou outro homem do grupo.
    - Peso na consciência? Arriscou Bruce.
    - Atenção! Gritou um homem na obra – Equipe de resgate já pode começar a descer! Já terminamos por aqui!
    - Vamos lá – disse Bruce – Temos que ser rápidos, antes que o sol se ponha...
    Um a um, os seis membros da equipe de resgate desceram as ruínas por uma corda. Chegaram numa sala enorme, com uma plataforma no centro de uma espécie de lago, piscina. Bruce reuniu todos no centro. Havia pedras, metais e desordem para todos os lados. Estava bem escuro. Eles acenderam flares.
    - OK, mandaram apenas nós seis, devido às nossas aptidões. Temos que encontrar Croft o quanto antes, não vamos decepcionar o pessoal. Ao trabalho.
    A equipe se separou e começou a procurar por Lara, todos movendo as pedras com cuidado, temendo um novo desabamento. Rutland, obviamente, foi atrás do artefato que viera buscar. Estava escuro e, segundo as instruções que recebera, o artefato era de ouro. Portanto, o que reluzisse seria possivelmente o tal artefato.
    - Vou procurar na água – anunciou Rutland, e pulou na água, acendendo seu PLS.
    A busca não foi tão fácil. Embaixo d’água, havia muito ouro e outros objetos reluzentes. Havia ouro do que parecia ser uma armadura, e um dos destroços era estranhamente semelhante à um chacal. Após alguns minutos, Rutland viu: lá estava a Adaga de ouro que lhe fora descrita, com hieróglifos no curto cabo. Rutland traduziu-os mentalmente: "Para que os quatro sacerdotes restabeleçam a ordem, do deus falcão vem a Adaga para derrotar o Mal, o Seu exército e Suas magias". Pegou a adaga. De súbito, sentiu uma sensação engraçada pelo corpo inteiro. Sentia-se incrivelmente bem. Voltou à superfície. Rutland olhou ao redor. Segundos depois, Pam gritou:
    - Achei! Venham rápido, acho que está viva!
    - O quê? Gritou Bruce. Correu, meio às cegas, até Pam. Examinou o corpo encontrado.
    - Está mesmo viva! Disse a voz de Bruce no escuro – Encontramos Lara Croft!


    _________________

      Data/hora atual: Sab 25 Nov 2017, 04:35